• Nome popular: Folha-da-Fortuna.
• Parte usada: Folha.
• Propriedades terapêuticas: Calmante, emoliente, cicatrizante, antiinflamatória e refrescante.
• Indicações terapêuticas: Queimadura, inflamação, contusão, intestino, furúnculo, coqueluche, entre outros.
• Uso: As folhas contusas são utilizadas em emplastros. São calmantes para a erisipela, queimaduras, inflamações e contusões.
• Modo de uso: emplastro sobre contusões e erisipela (aplicar as folhas esmagadas).
• Cataplasma: Aquecer a folha e colocar sobre o local afetado (furúnculos), em queimaduras ou outros ferimentos fazer uma pasta com a folha e colocar sobre a região machucada (cicatrizante). Só se deve recorrer exclusivamente ao tratamento com plantas nas queimaduras de 1º grau ou outras de pequena extensão.
Suco: bater no liquidificador uma folha com uma xíc. de água, tomar duas vezes ao dia entre as refeições (úlceras e gastrites).


●Nome popular: Fedegoso.
●Parte usada: Folha.
●Propriedades terapêuticas: Diurético, colagogo, colerético, laxante, vermífugo, anti-séptico e antinflamatória.
●Indicações terapêuticas: Hidropisia, icterícia, colecistite, insuficiência hepática, constipação intestinal, verminose, amenorréia, impigens, feridas, febre e erisipela.
●Origem: São plantas nativas do sul do Brasil, Uruguai e Argentina.
●Dosagem indicada: Para consumo utiliza-se chá por decocção, usando-se uma colher de sopa de raízes ou cascas esfareladas fervendo durante 15 minutos. Das folhas, sob infusão, empregam-se 10g para 1 litro de água.
●Antitérmico: 20 g de raízes para 1 litro de água. Tomam-se duas xícaras do chá, em pequenas doses diárias.
●Erisipela: toma-se uma gota do suco extraído das folhas tenras diluído em uma colher de sopa de água, repetindo de meia em meia hora, até o desaparecimento dos sintomas.


• Nome popular: Figueira.
• Partes usadas: Figos e o látex.
• Propriedades:Tônico,laxante,suave,cicatrizante,emoliente, calmante,entre outros.
• Princípio ativo: Proteínas, sais minerais, vitaminas e ácidos orgânicos, entre outros.
• Indicações: Prisão de ventre, esgotamento físico, faringite, bronquite e tosse seca.
Para uso externo, combate feridas infectadas, furúnculos, abcessos e fleimões dentários.


●Nome popular: Funcho.
●Parte usada: Folha, fruto, raíz, semente
●Propriedades terapêuticas: Carminativo, galactagogo, digestivo, diurético, tônico geral e antiespasmódico.
●Indicações terapêuticas: Cólica de criança.
●Dosagem indicada: Para gases: tomar um xíc. de chá a cada 6 horas. Para estimular a secreção de leite materno: ingerir um xíc. de chá a cada 4 horas.
●Efeito colateral: O uso de mais de 20 g/l dessa erva pode ser convulsivante.


Nome popular: Figo.
Parte usada: Folha e fruto.
Propriedades medicinais: Amidalite, bronquites, calos, coqueluche, debilidade orgânica generalizada, escorbuto, gripes, sardas, tosse, verrugas,entre outros.
Origem: Região do Mediterrâneo.
O figo é uma fruta altamente energética, por ser rica em açúcar. Entre os sais minerais que contém destacam-se o Potássio, o Cálcio e o Fósforo, que contribuem para a formação de ossos e dentes, evitam a fadiga mental e contribuem para a transmissão normal dos impulsos nervosos.
O figo verde é usado na produção de doces e compotas, o maduro é consumido in natura e utilizado na preparação de doces em pasta.
Uso Medicinal: Caspa - Macerar figo seco juntamente com sal e limão. Massagear o couro cabeludo com este preparado.
Expectoração - Cozinhar o figo, descascado e picado, em leite e um pouco de mel.
Feridas - Aplicar localmente o suco de folhas de figo ou a pasta de figo.