Nome popular: Karité.
Parte usada: Manteiga dos frutos.
Indicações terapêuticas: Dores reumáticas e rinite.
• Origem: África.
• Características: A árvore robusta, medindo até 20m de altura, com o tronco medindo até 1m de diâmetro. Só produz seus primeiros frutos quando alcança 25 anos de idade, e chega a sua plenitude aos 40 ou 50 anos. Seu fruto em forma de uma grande ameixa chega a medir até 6cm.
A manteiga quando pronta, apresenta um aspecto de uma pasta cremosa, de cor esbranquiçada e um odor mais ou menos característico. Depois de corretamente refinada, a manteiga perde quase que completamente este odor.
• Uso medicinal: Em uso externo, em dores reumáticas (massagem) e congestão da mucosa nasal nas rinites (aplicação local).
• Outros usos: A manteiga de Karité é recomendada para uso em área de pele muito sensível, sujeita à desidratação e com irritações, além de ajudar na manutenção da elasticidade da pele. É antialergênica, o que a habilita a ser usada em áreas como os tecidos das mucosas e em volta dos olhos.

É levemente irritante quando em contato com os olhos.