• Nome popular: Romã.
• Parte usada: Toda a planta.
• Propriedades terapêuticas: Diurético, vermífugo, anti-séptico.
• Indicações terapêuticas: Inflamações na garganta e gengiva, cólica, diarréia intestinal, tênia.
• Origem: Ásia Ocidental.
• Indicação: Sendo tônico, diurético, antiespasmódica e tenífuga, produz excelentes resultados no tramento de garganta e gengiva, cólicas intestinais e diarréias. Costuma-se empregar as folhas para lavagem dos olhos. Para vermes. Três colheres (sopa) da casca do caule ou da raiz em 1 copo de água. Prepara-se por decocto e toma-se de três vezes. No dia seguinte toma-se um laxante.


• Nome popular: Ratãnia.
• Parte usada: Raiz.
• Propriedades terapêuticas: Adstringente.
• Indicações terapêuticas: Corrimentos, hemorragias, diarréias, disenterias, higiene bucal, aftas, entre outros. I
• Origem: Peru.
• Uso medicinal: É um notável adstringente, apresentando uma positiva ação hemostática.
• Observação: Outras plantas da mesma espécie, nome e as mesmas características da Ratânia.Todas essas espécies pertencem à família das Poligaláceas e apresentam os mesmos princípios ativos.
• A raiz sinuosa e avermelhada é arrancada para ser usada pelas senhoras de Lima como dentifrício, no início do século XX, como a "raiz dos dentes". O uso da Ratânia como auxiliar da saúde dentária é tradicional entre os povos indígenas da Bolívia, do Peru e do Equador há muitos séculos.


• Nome popular: Rubim.
• Parte usada: Planta inteira em floração.
• Propriedades terapêuticas: Tônica, estimulante, diurética, febrífuga, entre outros.
• Indicações terapêuticas: Bronquite crônica, tosses, asma brônquica, elefantíase, hemorragias uterinas, dores reumáticas, entre outros.
• Características gerais: Considerada como erva daninha, prefere local como campo, pastagens e beira de estradas.
• Uso medicinal: Planta muito utilizada como tônica, estimulante, diurética, febrífuga, sudorífica, carminativa, antiespasmódica, casos de bronquite crônica, tosses, asma brônquica, elefantíase, hemorragias uterinas, dores reumáticas, contusões. É considerada eficiente nos casos de inflamação urinária e auxilia a eliminação de ácido úrico.
• Uso popular: O chá da planta toda é tomado duas vezes ao dia para reumatismo, e uma xícara ao dia por dois dias como antitérmico e abortivo. Planta melífera, que atrae além de abelhas, pássaros e borboletas.
• Uso culinário: Na culinária, as folhas do rubim são usadas em saladas.
• Cuidado: Gestantes devem evitar o uso interno desta planta devido possível ação abortiva.